HEDYNHO

BIKES VISÃO GERAL

BIKES VISÃO GERAL

Continuando:

bikes visão geralHoje em dia o esporte cresce cada vez mais e até mesmo a ESPN está transmitindo competicões. A coisa ficou ainda melhor com as competicões de downhill (competição apenas com descidas muito ingremes), que são rápidas e divertidas de assistir. O único problema é que, com os preços das bicicletas e acessórios, o esporte não pode ficar popular, especialmente no Brasil. Para quem não sabe, hoje em dia, uma bicicleta considerada "decente" para uma competicão profissional custa no mínimo $2500 dólares, isso mesmo, dois mil e quinhentos dólares. Apesar dos preços variarem de $100 pra $7000 mil dólares, ninguém, com uma bicicleta de $100, pode competir com uma de $7000, por motivos óbvios. No Brasil isso é ainda pior porque as bicicletas custam quase o dobro do preço e ninguém gasta muita grana numa bicicleta por medo de assalto. Para acabar com todos esses problemas, seria preciso que o esporte ficasse popular, principalmente através da televisão, porque com isso os preços baixariam em função da lei da oferta e procura. Assim, todos, ciclistas e vendedores, ficariam satisfeitos. Isso, infelizmente, é sonho.

A melhor forma de se manter atualizado com o esporte é através de revistas e da internet. Na internet existe muita coisa boa, como está citado na seção de links.

O Mountain Bike tem 6 categorias principais: Cross Country, Downhill, Dual Slalom, Freeride, Trial e Uphill.

Bikes Cross Country

São corridas de longa distância, mais de 30 Km normalmente, chegando as vezes a mais de 100 Km com terreno variado e com várias subidas e descidas. Normalmente os circuitos não são muito técnicos e podem ser circuitos fechados com várias voltas ou ponto a ponto (trip trail). Para praticar você precisa ter uma bike leve, quanto mais leve melhor, de boa qualidade e você precisa ter muita resistência física. As velocidades máximas normalmente não passam de 50 Km/h.
Bikes Cross Country Rígida

Essas são as bikes hardtail, ou seja, sem suspensão traseira, indicadas para a prática do cross-country.

Essas bikes normalmente são muito leves, podendo ter menos de 10 kg. A suspensão dianteira tem pouco curso, não mais de 3 ou 4 polegadas.  

Fotos clique aqui

Bikes Cross Country Full Suspension

Essas são as bikes full suspension (suspensões dianteira e traseira) indicadas para a prática do cross-country e maratonas. São mais confortáveis que as hard tail sem perder o bom desempenho.

Fotos  -  clique aqui

Bikes Downhill

Apenas descidas. Normalmente as pistas são bem íngrimes e técnicas, com pedras, saltos, raízes e outros obstáculos. São pistas curtas, normalmente uns 4 km. A velocidade pode passar de 80 Km/h em alguns trechos. Para participar é necessário ter acessórios especiais de proteção e uma bike feita especialmente para essa modalidade, com duas suspensões, pneus grossos, freios a disco, etc. O peso da bike não importa, pois só há descidas.

Essas são as bikes indicadas para a prática do downhill. As mais leves ficam pouco abaixo dos 17 kg, podendo chegar a mais de 20 kg. São bikes com suspensão dianteira e traseira.

Possuem muito curso nas suspensões, de 7 a 10 polegadas no shock (suspensão traseira) e de 6 a 8 na suspensão dianteira. Os pneus são normalmente maiores que 2.3.

Fotos  -  clique aqui

Bikes Dual Slalom / 4X

É como o Slalom do Esqui, mas com dois competidores correndo em pistas paralelas. São colocadas bandeiras por onde o piloto deve passar, fazendo muitas curvas fechadas. E correm dois competidores ao mesmo tempo em pistas paralelas e quase identicas. Normalmente se usa bikes de downhill para descer, mas já estão sendo fabricadas bikes especialmente para dual slalom. As descidas também duram pouco como no downhill. Atualmente a modalidade evoluiu para o 4X (four X), onde usa-se uma pista única e correm 4 pilotos por vez.

Bikes Freeride

Freeride é uma modalidade relativamente recente dentro do MTB (Mountain Bike), que consiste em transpor obstáculos e saltos, que podem ser naturais ou criados pelo homem. O Freeride é uma combinação de Downhill e Dirtjumping. Pode ser praticado tanto na Rua (Street MTB, Urban Assault ou Urban Ride), no caso um Freeride Urbano, ou pode ser praticado também na Terra, em trilhas e pistas da modalidade. As bicicletas de freeride têm características especiais, são construídas normalmente em alumínio ou chromoly (mistura de ferro crómio e outros metais) e tem uma curta distancia entre eixos para premitirem uma boa maneabilidade nos saltos e manobras. Para freeride urbano, geralmente são utilizadas bikes rígidas (sem amortecedor) e com suspensões com curso entre os 80mm e 100mm. Freeride em terra é um pouco mais pesado, geralmente são usadas bikes de suspensão total o curso da suspensão e do amortecedor varia geralmente entre 100mm a 200mm. Hoje em dia a modalidade alem de ser praticada nas ruas das cidades, skate parks, pistas de dirt e trilhos locais é ainda praticada em bike parkes que são parques exclusivos para a pratica de BTT. O Freeride é um desporto que exige muita destreza e habilidade e deve ser sempre praticado utilizando equipamento de protecção, que inclui capacete, joelheiras/caneleiras, cotoveleiras , luvas e coletes para protecção das costas e peito.

Normalmente, as bikes de downhill só servem para descer e as de cross country só tem suspensão dianteira e não aguentam "o tranco". A bike de freeride seria o meio termo: O conforto e precisão do downhill com a praticidade e leveza do cross country. Mas nem tudo é maravilha, profissionalmente esse tipo de bike não serve para muita coisa. Mas o objetivo é esse, ela foi feita pra pessoas que gostam de pedalar seriamente, mas não num nível profissional. Hoje em dia já existem competições de freeride, onde são julgados técnica, dificuldade e estilo, ao invés de rapidez.

Bikes Freeride Rapida

Essas são as bikes para freeride hardtail (rígidas, ou seja, sem suspensão traseira).

Essas bikes normalmente são mais específicas para dirt jump (saltos), urban assault (freeride na cidade) ou Slalom/4X.

Fotos  -  clique aqui

Bikes Freeride Full Suspension

Essas são as bikes de freeride full-suspension, ou seja, com suspensões traseiras e dianteiras.

Essas bikes são diferentes das bikes específicas para downhill, pois as de downhill tendem a ter um centro de gravidade mais baixo e menos peso, visando competição. Já as bikes de freeride são mais voltadas para saltos, drops e coisas mais extremas.

Normalmente são mais pesadas que as de downhill e algumas vezes possuem mais curso de suspensão, podendo chegar a 12 polegadas de curso dianteiro e traseir

Fotos  -  clique aqui

Bikes Biketrial

É uma categoria onde o competidor precisa passar obstáculos grandes como: latões de lixo, escadas (subindo, é claro), mesas de camping (aquelas bem altas), carros e esse tipo de coisa. Ganha o competidor que menos encostar o pé no chão. As bikes normalmente usam quadros muito pequenos, aros menores, freios hidráulicos e pneus bem vazios para o competidor poder "quicar" melhor.

Essas são as bikes para a prática do biketrial, ou apenas trial como é mais conhecido.

Essas bikes podem ser de aro 20" ou 26" e normalmente são muito leves, na casa dos 10kg. São todas rígidas (sem suspensão traseira ou dianteira), pois suspensões atrapalham no equilíbrio e adicionam peso. Muitas delas possuem quadros que não têm entrada para o canote do selim, pois a modalidade é praticada em pé.

Fotos cilique aqui

Saiba um Pouco Mais

Fonte: Pedal.com.br

HEDYNHYO   -  TOPO